top of page
  • Foto do escritorEquipe da redação

Foco no paciente: congresso brasileiro de reumatologia terá atividades abertas para o público

O XXXIX Congresso Brasileiro de Reumatologia que acontece de 7 a 10 de setembro de 2022 em Gramado, no Rio Grande do Sul, terá uma programação especial para pacientes, familiares, cuidadores e público em geral interessado em troca de experiências e conhecimento. Na quarta-feira, dia 31 de agosto, em uma live transmitida pelo Instagram, o presidente do congresso, o médico Claiton Brenol, interagiu com a jornalista Priscila Torres, que representa os pacientes, e a mediadora Fernanda Guidolin, médica reumatologista.



Transmitida pelo Instagram da sociedade de reumatologia do Rio Grande do Sul, a conversa teve mais de uma hora de duração e pautou temas para novos encontros online que abordem a relação médico-paciente. Um dos pontos mais sensíveis e ao mesmo tempo mais enriquecedor abordado pelos três foi a formação de comunidade porque ela se inicia quando o paciente recebe o diagnóstico. Como as doenças reumáticas são crônicas, a relação é para a vida toda.

Priscila Torres conta que se dedica a divulgar informações sobre artrite reumatoide porque quando ela foi diagnosticada ela sentiu que faltava apoio para os pacientes. "Não é uma doença que você trata e acabou, todo o paciente precisa encontrar um médico para chamar de seu, eu estou há 10 anos com o mesmo médico, é o meu médico". A experiência da Priscila inspira outros pacientes a conviverem na comunidade e buscarem informações porque como ressaltou Brenol "Muitas vezes o melhor caminho vai ser apontado pelo médico em acordo com o paciente, uma decisão compartilhada". Neste contexto, Fernanda Guidolin ressaltou que a maioria das doenças reumáticas são crônicas e não tem cura, mas "a maioria dos pacientes conseguem conviver bem com o diagnóstico", destacou a médica.


O foco no paciente é o motivo da busca constante de conhecimento pelos médicos da reumatologia, pois as combinações de tratamento medicamentoso, exercício físico e condutas saudáveis estão sempre em evolução. O mais importante para alcançar um bom resultado em qualidade de vida é que o médico e o paciente tenham uma ótima relação médico-paciente, porque assim ela será duradoura. "O médico pode fazer graduação, residência, mestrado, doutorado, pós-doutorado, se ele não tiver um ingrediente muito especial que na prática clínica esse ingrediente se chama empatia que é se colocar no lugar do outro a gente não vai adiante na relação médico-paciente. ", destacou Claiton Brenol.


O Congresso Brasileiro de Reumatologia acontece de 7 a 10 de setembro na Expogramado na serra gaúcha. Na programação, além de palestrantes nacionais e internacionais, terá o encontro nacional de pacientes. Um dia antes, dia 06, está prevista uma ação social na rua coberta de Gramado, os médicos reumatologistas estarão orientando e atendendo a comunidade interessada gratuitamente das 11h às 14h.


A programação completa pode ser acessada neste LINK.


185 visualizações0 comentário

Commentaires


Wzap 2.png
bottom of page